Julgando Pela Capa

#JPC Uma Curva no Tempo – Dani Atkins

baixar-livro-uma-curva-no-tempo-dani-atkins-em-pdf-epub-e-mobi

Ai gente, às vezes é tão difícil de fazer isso: analisar a capa de um livro e falar sobre. Porque usamos a imaginação para tentar entender logo a primeira vista se o que a capa mostra tem alguma relação com o conteúdo. Sendo que no caso não lemos e não fazemos ideia ainda.

É praticamente um analise semiótica (pra quem não sabe o que é pesquise, mas resumidamente é ver significado em tudo) me sinto na faculdade novamente e olha q eu não gostava muito da matéria, mas adoro “julgar o livro pela capa” aqui. Sinto-me quase uma CSI, separando cada parte para descobrir se juntos resultam em algo lógico. Agora já pensou se quem fez a capa só jogou tudo lá, só pra atrair o leitor e não representa nada? Eu só ia chorar litros.

Vamos ao que interessa. O livro é Uma Curva no Tempo, da Dani Atkins.  É seu primeiro romance e publicado pela editora Arqueiro. Olhar para essa capa me acalma. Acho que é por causa desse tom de verde (que está super na moda, repare). Apesar do que a cor sugere transmitir eu acho que é para nos enganar, porque ela sinopse acontece umas tretas… Que já estou me preparando pro pior. Porém, ela é tão fofa e harmoniosa que me recuso a aceitar que ela não tenha relação alguma com o assunto do livro (num é pra julgar? Realmente tô julgando). Por ser assim tenho vontade de emoldurar e pendurar na parede. Amo ilustrações, desenhos e afins. A cor é uniforme em toda a capa. O que isso quer dizer? Eu não faço ideia.

Ainda mais com essa frase “E se a vida lhe desse uma segunda chance?” SOCORRO! Quem não ia querer isso? Já pensou em consertar os erros do passado, ou fazer algo que deveria ter feito?

Tem uma jovem (não consigo identificar a idade aproximada) com seu guarda-chuva andando por um lago enquanto está nevando (imagina esse clima? Queroooo). Claro que eu imagino que isso seja uma cena em alguma parte da história, mas talvez não tenha nada a ver. Para mim esse guarda-chuva sugere algo como refúgio, esconderijo, proteção, solidão…

No reflexo dela no lago não é a mesma imagem que vemos e pra mim ai que tá o toque especial da capa. Vemos um casal, ela e um rapaz, mantendo certa distância, o que pode indicar que ou eles estão se encontrando ou mantendo uma leve aproximação já que nada está “ligando” um no outro. Certas linhas e sombras estão sobre eles como se essa imagem fosse irreal ou que estivesse em um tempo diferente de onde a moça solitária acima está andando.

Seria isso a curva no tempo? Seria essa a segunda chance?

É uma ficção, estou ansiosa pra ler.

Vemos-nos na resenha! Besitos de luz!

Por Téh


Já seguiu as nossas redes sociais? Juro que é mais rápido que fazer uma curva na esquina:
#Facebook  #Instagram  #Twitter #Skoob #Wattpad #LuvBook
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s