Resenhas

#Resenha Temporada de Acidentes – Moïra Fowley-Doyle

Olá, pessoas! Essa resenha vai ser a mais diferentona que vou escrever, pois vou tentar ser meio termo sobre essa história, que até hoje não sei se gostei completamente. Mas antes se você quer saber o que eu esperava dessa história leia o Julgando pela Capa (lá vocês vão ver minha empolgação por esse livro). Por isso que dizem que quer ver capa não ver coração (tá eu posso ter acabado de inventar isso).

Temporada de acidentes da escritora Moïra Fowley-Doyle (não sei pronunciar e você?) pela editora Intrínseca, conta a história de Cara e como ela descobre certos segredos sobre a dita cuja época desastrosa de sua vida. E o que é isso caro leitor, você me pergunta. E eu digo. Durante o mês de outubro de todos os anos a família de Cara fica mais “propicia” digamos assim a sofrer acidentes, seja dos mais bobos até quebrar ossos. A mãe de Cara e de Alice, sua irmã mais velha, sempre tentar tomar algumas medidas preventivas para que o mínimo de desastres acontecesse. Eles andam com casacos extras, a casa fica toda forrada nas quinas e eles iam a pé para o colégio.

Acidentes acontecem. Ossos de quebram, a pele sofre cortes, o coração se parte. Sofremos queimaduras, nos afogamos, continuamos vivos.

Beleza, agora você pensa “massa vai acontecer acidentes loucos” e tal… não acontece. Acho que foi isso que decepcionou um pouco na história. Eu esperava mais ação, adrenalina e sangue. Nossa pareci muito trágica e exagerada agora, mas foca no nome do livro? É pra se pensar assim concordam?

O que vem em seguida é uma perseguição que a Cara encasquetou e confesso que depois isso teve tudo a ver com o mistério sobre a temporada de acidentes e também tudo a ver com o medinho que me fez passar. Explicando: ela viu que Elsie, uma garota que brincava com ela quando pequena e que estuda no mesmo colégio, em várias fotos no seu celular. Estranho ela nunca ter percebido antes ne? Por isso no dia seguinte ela vai atrás de Elsie no colégio. Mas cadê a guria? Evaporou! Sumiu chá de invisibilidade, só pode.

Elsie é discreta na sala de aula, ninguém percebe sua presença. É como se levasse a vida sempre no canto da moldura. A gente a esquece assim que vira a página.

Ai começa a investigação de Cara na busca por Elsie para saber por que ela estava naquelas fotos se Cara nem se lembrava de vê-la naqueles momentos. Nisso ela envolve sua Melhor Amiga Bea, seu “irmão-postiço-que-ela-tem-uma-queda” Sam e sua irmã Alice que tem um namorado estranho, em várias situações na intenção de saber o que aconteceu com Elsie.

Serio, esse foi o primeiro livro a me dar um medinhozinho, até porque eu não esperava isso dele, sabia que era ficção, mas como eu disse eu esperava por acidentes. Mas já alerto que tem um suspense tenso. Talvez isso seja lógico. Bom, e o que acontece de acidentes são bobos, bom até o ápice que lógico que não vou contar.

E o que o desaparecimento de uma menina tem de ligação com a definição da temporada de acidentes? Bem, é realmente um desenrolar surpreendente. Fiquei toda arrepiada enquanto lia! Foi por isso que fiquei encima do muro, 50% achando bom e 50% não muito. E claro que os segredos que rondam a vida de todos dessa história acaba sendo algo que lhe prende para que você (eu curiosa como sou) continue ansiando por mais páginas. No mais você leia e forme sua opinião, ah e não se esquece de me dizer em qual lado da minha porcentagem você ficou.

Por Téh


Já seguiu as nossas redes sociais? Juro que é mais rápido que se proteger de um acidente nessa temporada:
#Facebook  #Instagram  #Twitter #Skoob #Wattpad #LuvBook
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s